Plantão

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Zachary Quinto: Ator de Heroes e Star Trek revela que é gay

Conhecido por interpretar o vilão Sylar do seriado Heroes e o Spok do último Star Trek, o ator norte-americano Zachary Quinto revelou à revista New York Magazine que é gay. Ele resolveu sair do armário quando falava sobre a peça Angels in America, um musical que fala sobre a propagação da Aids.

"Como um gay, a peça me fez sentir como ainda tem muita coisa para ser feita. Ainda há muita coisa para ser vista e tratada. A corrente do medo ainda existe. Isto ainda está ao nosso redor", declarou para a publicação.

Na entrevista, ele ainda comentou sobre adolescente gay Jamey Rodemeyer, que se suicidou por não aguentar o bullying que sofria. "Você tem a legalização do casamento gay em Nova York e três meses depois você tem Jamey Rodemeyer se suicidando. Outro adolescente gay que foi intimidado e tirou sua própria vida", falou.

O ator também publicou em seu blog que a morte do jovem foi o motivo para se assumir publicamente. Ele acredita que o fato dele se assumir, sendo uma pessoa pública, pode contribuir de forma mais efetiva no combate ao preconceito e dar apoio a jovens gays que se sentem desamparados.

Veja o texto na íntegra.

"Quando eu descobri que Jamey Rodemeyer se matou - eu me senti profundamente perturbado. Mas quando eu descobri que Jamey Rodemeyer tinha feito um vídeo antes de tirar sua própria vida - eu senti um desespero indescritível. Eu também fiz um vídeo para a campanha Its Get Better" ano passado - na sequência da trágica e sem sentido onda de suicídios de adolescentes gays que estavam varrendo a nação na época. Mas à luz da morte de Jamey - eu percebi em um instante que viver uma vida gay, sem reconhecer publicamente simplesmente não é suficiente para fazer qualquer contribuição significativa para o imenso trabalho que temos pela frente no caminho para a completa igualdade. Nossa sociedade precisa reconhecer o impulso irrefreável em direção a igualdade civil inequívoca para cada cidadão gay, lésbica, bissexuais e transgêneros do país. Crianças gays precisam parar de se matar, porque eles sentem-se inúteis pelo cruel e implacável bullying. Os pais precisam ensinar seus filhos os princípios de respeito e aceitação. Estamos testemunhando uma enorme mudança de consciência coletiva em todo o mundo. Estamos no precipício da grande transformação dentro de nossa cultura e do governo. Eu acredito no poder da intenção de mudar a paisagem da nossa sociedade - e é minha intenção de viver uma autêntica vida de compaixão, integridade e ação. A vida de Jamey Rodemeyer mudou a minha. E o fato de sua morte só me faz desejar que eu tivesse feito isso antes - eu sou eternamente grato a ele por ser o catalisador para a mudança dentro de mim. Agora eu só posso esperar para servir como catalisador para outros deste mundo. Que, eu acredito, é tudo o que podemos fazer de nós mesmos e uns dos outros".

Um comentário:

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright © 2013 H de Homem
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates