Plantão

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Amor homossexual entre judeus ortodoxos traz polêmica aos cinemas

Ainda longe de chegar às telas de cinema no Rio Grande do Sul e sem previsão de estreia divulgada pelas distribuidoras de filme por aqui, o drama Pecado da Carne (Einaym Pkuhot), uma co-produção israelense, alemã e francesa, tem comovido o público através da internet. Lançada no passado, conta a história de amor proibido de Aaron Fleishman (Zohar Shtrauss) e Ezri (Ran Danker) no ultra-ortodoxo bairro de Meah Shearim, em Jerusalém, bem diferente daquela contada pelo brasileiro Do Começo Ao Fim.

A trama se desenrola com a chegada do estudante Ezri ao açougue kosher herdado por Aaron após a morte do pai. Meio sem rumo, o rapaz se oferece para trabalhar ali e o outro, com compaixão, lhe dá o emprego e permite que durma num quartinho nos fundos. Enquanto isso, Aaron se dedica à uma vida regrada, bastante religiosa, e a cuidar da mulher e seus quatro filhos.

Com o avanço do drama, eles vão ficando cada vez mais próximos e também, mais expostos. Fica claro para o público que Ezri havia chegado à cidade atrás de um ex-namorado, enquanto, para Aaron, um mundo novo surge à frente. Mas com ele, vem o processo de aceitação, renúncias, escolhas e, também, o resultado.

Quem não está acostumado com filme arte pode estranhar a delicadeza da sequência, a beleza da fotografia e até os costumes da tradição judaíca. Densas em alguns momentos, as imagens trazem para tela todo o sentimento de dúvida e dão nuances de que o final reserva. Não foi à toa que o diretor Haim Tabakman, estreiante, conseguiu que Pecado fosse selecionado para a mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes em 2009 e que Zohar Shtrauss conquistasse o prêmio de melhor ator do Festival de Jerusalém.

Para quem não ainda não teve a oportunidade de assistir, abaixo vai o trailer para despertar a curiosidade. Ou então, aqui está um dos inúmeros sites para download de Pecado da Carne.

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright © 2013 H de Homem
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates