Plantão

sábado, 21 de março de 2009

O nó no pescoço

Quem nunca teve que ir naquele casamento, batizado, formatura, jantar e até entrevista de emprego como um enforcado, com a corda no pescoço. Pois é, a gravata que muitos homens abominam volta e meia arruma uma deixa para aparecer em ocasiões especiais. Foi no século XIX que ela tornou-se referência de elegância, apesar de ser usada pela humanidade desde os primórdios (cientistas encontraram indícios de um pano no pescoço de homens em corpos de guerreiros chineses de três séculos antes de Cristo). Apesar disso, ainda hoje muitos desconhecem como fazer o laço e se atrapalham.
Para quem não tem um amigo atinado por perto capaz de lhe ajudar na tarefa, encontramos no site Closet o mapa da mina e lhe mostramos agora o caminho para não pagar mito na hora de arrumar a gravata.
O nó inglês (Windsor)

O nó francês (Half-Windsor)O nó escorregadio (Four in Hand)

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright © 2013 H de Homem
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates